PROGRAMA VIA LEGAL

Jovem que teve braço esmagado em portão do aeroporto Salgado Filho receberá indenização

14/11/2018
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

O Via Legal mostra o que um fã faz para chegar perto do ídolo. Passa noite na fila antes do show, fica no sol, na chuva. No sul do país, uma jovem resolveu aguardar a chegada de um cantor sertanejo em Porto Alegre. Ela ficou na área de desembarque do Aeroporto Salgado Filho, mas no momento que o cantor chegou ela sofreu um acidente. O portão fechou e esmagou o braço da jovem. Ela entrou na Justiça Federal contra a Infraero e vai receber indenização.

Doenças graves, que não têm cura, como Câncer, Alzheimer e Parkinson dão direito à aposentadoria por invalidez e garantem ao paciente, que é mutuário, o direito de liquidar o financiamento do imóvel, caso o contrato tenha esta previsão. Mas uma seguradora negou a quitação a um cliente com Parkinson, alegando que ele já tinha a doença antes de assinar o contrato. O caso chegou aos tribunais. O Tribunal Regional Federal da 1º Região entendeu que a falha foi da seguradora que não exigiu atestados de saúde e exames médicos e determinou a quitação do imóvel.

A cada dez indenizações por acidente de trânsito no Brasil, pagas pelo DPVAT, sete envolvem motos. O capacete é o item de segurança mais importante para o motociclista. E não adianta comprar o equipamento sem garantia de qualidade. Em São Paulo, a Justiça Federal manteve a multa a uma empresa que vendia capacetes sem o selo do Inmetro.

Quando um animal é apreendido, ou socorrido depois de um acidente, ele deve ser encaminhado para um centro de triagem vinculado ao Ibama, os chamados Cetas. Esses centros existem em todo o país, mas no Rio de Janeiro, a Justiça Federal entendeu que a unidade está num lugar inadequado. É que uma estrada foi construída ao lado do Cetas e a licença ambiental da obra já previa a construção de um novo espaço para abrigar os animais. Por isso, a Justiça determinou a construção de um novo centro em 180 dias.

Uma briga por dinheiro e terras ameaça o maior parque público do Recife. O INSS reivindicou a área verde de sete hectares que é utilizada por pelo três mil pessoas diariamente, há mais de trinta anos. O instituto quer que a prefeitura pague uma dívida pelo uso do espaço, ou devolva o parque para o INSS, mas uma liminar suspendeu a disputa. A Justiça Federal entendeu que o parque é um bem comum do povo.

O Via Legal é produzido pelo Conselho da Justiça Federal em parceria com os Tribunais Regionais Federais. O programa é exibido nas TVs Cultura e Justiça, além de outras 13 emissoras regionais. Confira os horários de exibição e assista também pela internet: www.youtube.com/programavialegal e https://www.youtube.com/TRF4oficial.  

Horários de exibição do Via Legal

TV JUSTIÇA

Quarta-feira - 21h00

Sexta-feira - 11h30

Domingo - 17h30

Terça-feira - 22h30

TV CULTURA

Domingo - 6h30

TV BRASIL

Domingo - 6h